S5 Corporate Response - шаблон joomla Книги
Notícias
Notícias

Notícias (6)

Domingo, 24 Abril 2016 06:42

IV Chá Literário

Escrito por

Dia 30.04.2016(sábado)  às 8 horas - IV Chá Literário 

O Projeto Aprender: Incentivo à Leitura no Processo de Alfabetização tem como proposta estimular a leitura e torná-la mais atrativa para as crianças

Dois estudantes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) desenvolveram um aplicativo para smartphone que usa a realidade aumentada em livros infantis. O Projeto Aprender: Incentivo à Leitura no Processo de Alfabetização tem como proposta estimular a leitura e torná-la mais atrativa para as crianças.

Paula Simão da Costa e Sidney Ferreira Coutinho, alunos do curso técnico em Programação de Jogos Digitais do Centro Universitário Monte Serrat (Unimonte), em Santos (SP), criaram o aplicativo.

Com uma câmera de telefone celular, a criança, ao apontar para o desenho no livro, consegue ver as figuras em 3D, no formato realidade aumentada, algumas com animações. Também é possível ouvir o áudio da história e fazer pausas, quando necessário. “Estamos aprimorando o aplicativo para que ele fique cada vez melhor e com mais opções”, disse Paula.

Por se destacar como projeto inovador, o aplicativo concorreu ao concurso Projeto Neorama, iniciativa da prefeitura de Santos para incentivar o empreendedorismo. No evento, os alunos conquistaram o primeiro lugar ao concorrer com estudantes de 35 escolas técnicas.

“Montamos um estande para fazer a apresentação do aplicativo ao nosso público-alvo, as crianças, que amaram a invenção”, disse Paula. “Os pais queriam até comprar o livro, mas ainda não está disponível.”

De acordo com a estudante, a próxima etapa do projeto é a do lançamento dos livros no mercado. “Gostaríamos de fazer parceria com alguma editora para que os livros possam ser comercializados”, afirmou.

Programa

Criado em outubro de 2011, o Pronatec tem como proposta expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos técnicos e profissionalizantes para jovens e trabalhadores, de forma a promover a inclusão social e o aumento da competitividade e da produtividade no País. O Pronatec também atua na melhoria da qualidade do Ensino Médio, em articulação com a educação profissional.

São ofertantes do Pronatec os institutos federais de educação, ciência e tecnologia, as redes Estaduais de educação profissional, os serviços nacionais de aprendizagem e instituições particulares.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Educação

Terça, 22 Dezembro 2015 18:41

SELEÇÃO UNIFICADA

Escrito por

Inscrições para 228 mil vagas estão abertas; candidatos têm prazo até quinta-feira, 14
As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) estão abertas e podem ser feitas até às 23h59 da próxima quinta-feira, 14, na página do programa na internet. Na primeira edição de 2016, são oferecidas 228 mil vagas em 131 instituições públicas de educação superior.

O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação por meio do qual instituições públicas de educação superior oferecem vagas a candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Para inscrever-se, o candidato deve informar a senha cadastrada no Enem de 2015. Caso necessite recuperar os dados, pode fazê-lo on-line, na página do exame.

Na página do Sisu, é possível pesquisar a oferta de vagas, com a distribuição por cursos e instituições. Podem inscrever-se os estudantes que tenham participado da edição de 2015 do Enem e tenham obtido nota que não seja zero na prova de redação.

O candidato pode se inscrever no processo seletivo do Sisu em até duas opções de vaga e deve especificá-las, em ordem de preferência, em instituição de educação superior participante, local de oferta, curso e turno.

O sistema indicará as notas de corte para cada curso ao estudante, que vai poder alterar as opções de acordo com a nota. Ele também terá de indicar se pretende concorrer a vagas reservadas pela Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012, a Lei de Cotas; a vagas destinadas às demais políticas de ações afirmativas eventualmente adotadas pela instituição, ou a vagas destinadas à ampla concorrência.

O resultado da chamada única será divulgado em 18 de janeiro. Os candidatos selecionados farão a matrícula nos dias 22, 25 e 26 de janeiro. Os não selecionados terão a opção de manifestar interesse em participar da lista de espera, no período de 18 a 29 do mesmo mês.

O Edital nº 36, de 29 de dezembro de 2015, da Secretaria de Educação Superior (Sesu) do Ministério da Educação, que divulga o cronograma e demais procedimentos relativos ao processo seletivo do Sisu, primeira edição de 2016, foi publicado no Diário Oficial da União de 30 de dezembro de 2015.

Acesse a página do Sisu na Internet

Assessoria de Comunicação Social

Segunda, 21 Dezembro 2015 12:44

ENEM DE 2015

Escrito por

Participantes podem consultar os resultados individuais; nota em matemática é destaque
Os resultados individuais de desempenho do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 estão disponíveis para consulta on-line. Para ter acesso às notas, basta ao participante informar o CPF e a senha cadastrada no ato da inscrição.

A senha do Enem é a mesma que será usada para acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que terá as inscrições abertas na segunda-feira, 11, e encerradas na quinta-feira, 14.

Conforme estabelecido no edital do Enem de 2015, os resultados para fins exclusivos de autoavaliação de conhecimentos do participante menor de 18 anos — no primeiro dia de realização do exame —, que concluirá o ensino médio após 2015, serão divulgados em março próximo.

As provas objetivas do Enem são corrigidas com base na teoria de resposta ao item (TRI), diferente da teoria clássica, pela qual o número de acertos corresponde à média final. A TRI qualifica o item de acordo com os parâmetros:

Poder de discriminação, que é a capacidade de um item distinguir os participantes que têm a proficiência requisitada daqueles quem não a têm.
Grau de dificuldade.
Possibilidade de acerto ao acaso. Ou seja, de chute.
Como a TRI pressupõe que um candidato com um certo nível de proficiência tende a acertar os itens de nível de dificuldade menor e errar aqueles com nível de dificuldade maior, o padrão de respostas do participante é levado em consideração no cálculo do desempenho. Como a TRI não tem um limite, inferior ou superior, padrão entre as áreas de conhecimento, as notas dos participantes não variam entre zero e mil. Elas podem ultrapassar os mil pontos.

Notas — Nesta edição do Enem, o desempenho em matemática foi o destaque. A nota máxima chegou a 1.008,3, a maior já registrada na história do exame — na edição anterior, o máximo ficou em 973,6. A tendência de aumento no desempenho em matemática comprova a melhor qualificação dos participantes nesta área. O desempenho mínimo foi de 280,2.

A prova de ciências da natureza registrou a nota máxima de 875,2 e a mínima de 334,3. Em ciências humanas, o desempenho máximo chegou a 850,6; o mínimo, a 314,3. A prova de linguagens e códigos teve como nota mais alta 825,8; a mais baixa, 302,6.

Os resultados do Enem de 2015 podem ser conferidos na página do Exame na internet.

Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

Segunda, 26 Outubro 2015 18:56

SELEÇÃO UNIFICADA

Escrito por

Novo aplicativo vai facilitar a interação com os candidatos e a autenticação dos dados
Receber mensagens com informações individualizadas e acompanhar o calendário de atividades do Ministério da Educação são os novos serviços do aplicativo para celular e tablet do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As ferramentas visam a aproximar a comunicação entre o candidato e o MEC.

Já disponível para os sistemas Android, Windows e IOS, o aplicativo vai realizar pela primeira vez uma autenticação dos dados do usuário: com o número de inscrição e a senha usados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015, o candidato fará as opções de curso na página do Sisu na internet. Depois, deve fazer a assinatura no boletim de inscrição, no aplicativo disponível nas lojas virtuais. A partir daí, uma comunicação direcionada começa a ser estabelecida, de acordo com os interesses do estudante. Mensagens, alertas e notificações serão encaminhadas ao aplicativo.

Criado em 2015, o aplicativo, gratuito, oferece consultas a vagas disponíveis em instituições públicas de educação superior e uma calculadora eletrônica, que permite simular a classificação parcial. Ele torna disponível, também, uma agenda, na qual o usuário pode inserir alertas e lembretes, desde datas de inscrição até a convocação da lista de espera.

De acordo com o gerente de projetos da Diretoria de Tecnologia e Informação do MEC, Thiago Curinga, a cada nova edição dos processos seletivos, uma nova funcionalidade será lançada no aplicativo. “Nós já temos ideia de tudo aquilo que queremos para que um aplicativo tenha qualidade”, diz. “Sabemos os anseios da sociedade, o que eles desejam, mas por bem, por prudência e para prestar um serviço de qualidade, vamos evoluindo, a cada semestre, um pouco mais.”

Os aplicativos para Android, Windows e IOS podem ser baixados nas lojas dos sistemas operacionais.

Mais informações sobre o Sisu na página do sistema na internet.

Assessoria de Comunicação Social

Segunda, 26 Outubro 2015 18:52

SELEÇÃO UNIFICADA

Escrito por

Primeira edição de 2016 abrirá 228 mil vagas; consulta de vagas está disponível para acesso
Os estudantes interessados em candidatar-se ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) já podem consultar a oferta de vagas, com a distribuição por cursos e instituições, na página do programa. Na primeira edição de 2016, que terá prazo para inscrições de 11 de janeiro até às 23h59 do dia 14 do mesmo mês, serão oferecidas 228 mil vagas em 131 instituições públicas de educação superior.
O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação por meio do qual instituições públicas de educação superior oferecem vagas a candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
A inscrição estará, portanto, restrita ao estudante que tenha participado da edição de 2015 do Enem e tenha obtido nota na prova de redação que não seja zero. O resultado do Enem será divulgado na sexta-feira, 8, pela internet.
O candidato pode se inscrever no processo seletivo do Sisu em até duas opções de vaga e deve especificá-las, em ordem de preferência, em instituição de ensino superior participante, local de oferta, curso e turno.
O sistema indicará as notas de corte para cada curso ao estudante, que vai poder alterar as opções de curso de acordo com a nota. Ele também terá de indicar se pretende concorrer a vagas reservadas pela Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012, a Lei de Cotas; a vagas destinadas às demais políticas de ações afirmativas eventualmente adotadas pela instituição ou a vagas destinadas à ampla concorrência.
O resultado da chamada única será divulgado em 18 de janeiro próximo. Os candidatos selecionados farão a matrícula nos dias 22, 25 e 26 de janeiro. Os não selecionados terão a opção de manifestar interesse em participar da lista de espera, no período de 18 a 29 do mesmo mês.
O Edital nº 36, de 29 de dezembro de 2015, da Secretaria de Educação Superior (Sesu) do Ministério da Educação, que divulga o cronograma e demais procedimentos relativos ao processo seletivo do Sisu, primeira edição de 2016, foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 30.

Mais informações na página do Sisu na internet.
Assessoria de Comunicação Social

Calendário

Dezembro 2017
D S
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31